Hoje (19.01) é aniversário do ministro aposentado do STF, Carlos Mário Velloso com quem trabalhei logo após o ministro Sepúlveda Pertence deixar o TSE para assumir a vice-presidência do STF em dezembro de 1994.

Após a brilhante atuação do ministro Pertence (mineiro de Sabará) à frente do TSE nas eleições presidenciais de 1994, assumiu a presidência da Justiça Eleitoral outro mineiro, este de Entre Rios de Minas, Carlos Velloso. Três meses após a sua posse, ele criou uma Comissão de Notáveis com a finalidade de apresentar ao Congresso Nacional um amplo e irrestrito programa de reforma política.

Participei de todas as reuniões para a definição de nomes . O ministro montou, realmente, uma Comissão de Notáveis integradas por juristas e cientistas políticos. Um amplo, denso e importante documento foi formulado pelos membros da Comissão.

Ao final das inúmeras reuniões de trabalho, a Comissão concluiu os estudos e o então presidente do TSE fez a entrega às autoridades políticas da época.