Morte de desembargador

O desembargador do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), Carlos Eduardo Andersen Espínola foi encontrado morto neste domingo (18) em seu apartamento no bairro Alto da Glória, em Curitiba. Segundo o TJ-PR, o desembargador tinha 70 anos e foi promovido ao cargo pelo critério de antiguidade em agosto de 2012.

Sport é o campeão

A polêmica que parece eterna sobre o campeão brasileiro de 1987 teve, enfim, um desfecho, ao menos judicialmente. Na última sexta-feira, a maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), órgão máximo do sistema judicial brasileiro, deu ganho de causa ao Sport em última instância. Desta forma, o Flamengo não pode mais recorrer da decisão.

Veja mais

De olho no Contran

O deputado federal Jerônimo Goergen (Progressistas-RS) apresentou um Projeto de Decreto Legislativo (PDC) para suspender um item da Resolução nº 726 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Trata-se do artigo que obriga os motoristas a realizar um curso teórico e uma prova a cada renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), além do exame médico já obrigatório.

Veja mais

Furto de moto

O 3º Juizado Especial Cível da Comarca de Rio Branco, no Acre, condenou o Supermercado Araújo a pagar para J.G.S. o valor de sua motocicleta, com fundamento do importe estimado pela Tabela Fipe, furtada do estacionamento do empreendimento.

Veja mais

Carros de desembargadores

Como medida de segurança orientada pela assistência da Polícia Militar no Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE), os desembargadores cearenses passaram a circular em veículos oficiais sem a identificação original, as placas pretas, trocadas por placas normais, da cor cinza, desde o início desta semana.

Veja mais

Afonso Arinos e a bicicleta

O texto é do brilhante jornalista Severino Goes em sua página no Facebook: O amigo (jornalista) Inácio Muzzi é um grande contador de histórias. Todos que o conhecem sabem disso. Uma vez, ele soube que eu – assim como ele – não sei andar de bicicleta. Tá bom, gente. Nunca aprendi. Fazer o quê? Sou filho caçula, meus irmãos mais velhos viviam me sacaneando, estas coisas que você tem que contar para analistas etc etc.

Veja mais

Justiça sem advogado

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro anunciou a criação de um “Centro de Soluções de conflitos”, a ser inaugurado em maio deste ano. Segundo o presidente do Sindicato dos Advogados-RJ, Álvaro Quintão o TJ-RJ informou que não haverá a necessidade de advogados e os conflitos serão analisados via Internet por um robô. O programa de informática que será usado vai ser bancado pelas empresas mais demandadas, em uma total inversão de valores – ou seja, o Estado entrega às grandes corporações o próprio exercício da justiça.

Veja mais

Intervenção social

O presidente da OAB de Sergipe, Henri Clay Andrade discursou hoje (15) em frente à Câmara de Vereadores de Aracaju. Na oportunidade, ele pregou, com veemência, o fim da intervenção federal militar promovida pelo presidente Michel Temer. “O Rio de Janeiro e o Brasil precisam é de intervenção social. Essa é a diferença.”, disse Henri…

Veja mais

Julgamento adiado

O advogado Marcus Vinícius Furtado Coêlho enviou ao direitoglobal.com.br a seguinte mensagem: “Esse importante julgamento de hoje (15) no Pleno do STF sobre a participação das mulheres na política tomou totalmente a pauta do tribunal! A questão sobre transparência eleitoral ficou para a próxima semana”.