A decisão de Lewandowski

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski reconsiderou e decidiu enviar o presidente do Atlético Goianiense, Maurício Borges Sampaio e outros três homens, a júri popular pela morte do radialista Valério Luiz. O crime ocorreu em 2012, em Goiânia s o juiz Lourival Machado, da 2ª Vara dos Crimes Dolosos contra a Vida, mandou Sampaio, a júri popular pelo crime de homicídio qualificado por motivo torpe mediante recompensa e adoção de meio que impossibilitou a defesa da vítima. Ele é acusado de ser o mandante do crime.

Veja mais

Indulto de Natal

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu manter a suspensão parcial do indulto de Natal do presidente Michel Temer, que teve pontos impugnados pela presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, no final do ano passado.

Veja mais

Cavalieri na justiça

O ex-goleiro do Fluminense, Diego Cavalieri entrou com uma ação na Justiça do Trabalho do Trabalho do Rio de Janeiro pedindo a rescisão imediata com o Fluminense e cobrando indenização e pagamentos salariais pendentes. Isso foi depois de ter sido comunicado que não fazia mais parte dos planos. Caso clube e goleiro entrem em consenso,…

Veja mais

Banheiro de transexual

Uma transexual será indenizada por ser vítima de assédio moral na empresa na qual trabalhava. Após o processo de mudança de sexo, ela foi proibida de usar o banheiro masculino ou feminino, devendo usar somente o para deficiente, que não podia ser trancado. Além dos danos morais, a Justiça do Trabalho também reverteu a demissão por justa causa por abandono de trabalho, reconhecendo a rescisão indireta.

Veja mais

Barroso no TSE

A partir do próximo dia 14, Luis Roberto Barroso, do STF, passa a ser ministro efetivo do Tribunal Superior Eleitoral. Os outros dois ministros do Supremo na Corte Eleitoral – Luiz Fux e Rosa Weber – serão, a partir da mesma data, presidente e vice-presidente da Justiça Eleitoral. Em 15 de agosto deste ano, com…

Veja mais

Crime bárbaro

Terminou na madrugada de hoje (1), no 1º Tribunal do Júri do Fórum Criminal Central de São Paulo, na Barra Funda, o julgamento de Ricardo Krause Esteves Najjar, acusado de matar a filha de quatro anos em dezembro de 2015. Ele foi condenado por homicídio qualificado e fraude processual. A pena total é de 24 anos, dez meses e 20 dias de reclusão em regime inicial fechado.

Veja mais

Fred na justiça

A novela ainda continua. A guerra de bastidores entre Atlético e Cruzeiro ganhou novo capitulo na tarde desta terça-feira. A Raposa divulgou uma nota oficial em seu site confirmando que a multa de R$ 10 milhões será paga em juízo. O valor quitado em uma conta judicial será para quitar pendências do time alvinegro.

Veja mais

A saída de Gentil

O conselheiro federal da OAB pelo estado de Sergipe, Mauricio Gentil deixou, por motivo estritamente pessoal, a coordenação do Curso de Direito/Aracaju da Universidade Tiradentes. Gentil alegou incompatibilidade de tempo de trabalho entre as atividades profissionais da advocacia, doutorado, atividades no âmbito da OAB e as atividades de gestão acadêmica. “Quero aproveitar a oportunidade para,…

Veja mais