Grupo Líder

Sete integrantes do Grupo Empresarial Líder, sediado na cidade de Mossoró, foram condenados pela prática de falsidade ideológica. A investigação foi deflagrada na Operação Salt. O magistrado observou que os crimes foram praticados através de um emaranhado de empresas e o uso de terceiros, que tinha como objetivo ocultar os reais sócios e os patrimônios das empresas.

Veja mais

Números alarmantes

De acordo com a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República – SPM, nos primeiros meses de 2015 o país registrou mais de 63 mil relatos de agressões de estupro. Em todo o mundo, segundo o relatório da Organização Mundial da Saúde – OMS, uma em cada cinco mulheres com menos de 18 anos já foi vítima de estupro ou de abuso sexual.

Veja mais

Ordem Tributária

O presidente eleito da Associação dos Juízes Federais (Ajufe), Roberto Veloso – a posse está marcada para o próximo dia 15 em Brasília – é autor do livro “Crimes Tributários”. O livro trata dos crimes contra a ordem tributária em uma conjuntura de grande imposição de tributos, com a arrecadação representando cerca de um terço do Produto Interno Bruto.

Veja mais

Estupros em série

No Brasil, segundo dados da Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180, em 2015 foram 9,5 estupros por dia. Para a presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da OAB/SE, Adélia Moreira Pessoa, é necessária a busca da prevenção através de ações educativas, tanto na educação formal como na mídia, visto que são instrumentos fundamentais para a mudança.

Veja mais

Makeda Foluke

A uma semana de completar três meses de vida, a menina Makeda Foluke finalmente vai ter seu registro civil. Em decisão histórica, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro determinou o registro de Makeda Foluke de Paula da Silva, que havia sido recusado pelo oficial de Registros de São João de Meriti, na Baixada Fluminense. O Conselho de Magistratura aprovou por unanimidade que Makeda seja registrada com o nome africano.

Veja mais

Tatuador e estuprador

O tatuador Márcio Luciano de Souza foi condenado a 6 anos de reclusão, mas em regime semiaberto, por dopar e depois estuprar uma cliente do estúdio Luck Tattoo, no bairro de Jatiúca, em Maceió. A sentença é do juiz Rodolfo Osório Gatto Hermann, da 6ª Vara Criminal da Capital. Apesar da gravidade do crime, o estuprador poderá recorrer em liberdade.

Veja mais

Sem grana

O ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) o direito de poder sacar R$ 10 mil por mês de contas em seu nome bloqueadas desde 2014, por determinação do Tribunal de Contas da União (TCU).

Veja mais