O Porsche do empresário

A Justiça de São Paulo marcou para 7 de maio o júri do empresário Marcelo Malvios Alves de Lima, que se envolveu em um acidente fatal em julho de 2011. Ele é acusado de homicídio doloso (com intenção) pela morte da advogada Carolina Menezes Cintra Santos. O empresário dirigia um Porsche que bateu no carro da vítima, um Hyundai Tucson, no cruzamento das ruas Tabapuã e Bandeira Paulista, no Itaim Bibi, bairro nobre da Zona Sul da capital.

Veja mais

Apoio da Ajufe

O presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), desembargador federal Carlos Eduardo Thompson Flores, recebeu a visita de cortesia do juiz federal Roberto Veloso, presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), acompanhado de um grupo de diretores da entidade. Os magistrados foram anisfestar apoio ao tribunal para que o julgamento amanhã…

Veja mais

O acidente de Teori

Desorientação do piloto por conta da atuação da gravidade, no momento da forte curva feita na manobra no momento do choque, que provocou desorientação espacial, e as condições meteorológicas adversas, foram os dois principais fatores contribuintes para o acidente ocorrido em Paraty, em 19 de janeiro do ano passado, provocando a morte do ministro do…

Veja mais

Valorização da magistratura

O ex-presidente do TST, ministro aposentado Ronaldo José Lopes Leal, assinou a Carta Aberta pela Valorização da Magistratura Nacional. A carta ressalta que a Magistratura e o Ministério Público foram as únicas carreiras de Estado não contempladas recentemente com qualquer reajuste em seus vencimentos. Também informa que nos últimos 13 anos há uma perda acumulada de cerca de 40% no valor dos subsídios da categoria, agravada em cerca de 3% pela recente majoração da contribuição previdenciária.

Veja mais

Linha do Metrô

O procurador-geral de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, Eduardo Gussem, recebeu o governador Luiz Fernando Pezão e o secretário estadual de Transportes, Rodrigo Vieira. O encontro foi realizado para debater os meios pelos quais poderia ser retomada a construção da Estação Gávea, da Linha 4 do Metrô. O Ministério Público do Estado do…

Veja mais

Racismo na terra de Dodge

A promotora de Justiça Jonisy Ferreira Figueiredo instaurou inquérito civil público para apurar notícia apresentada ao Ministério Público em Morrinhos, em Goiás, relativa a possível conteúdo de incitação ao racismo e discriminação racial, em prova de concurso da prefeitura local, realizada no dia 13 deste mês. A investigação visa promover a coleta e informações e…

Veja mais

Destruição de armas

O Judiciário de Minas Gerais realizou a destruição de 4.120 armas de fogo, entre elas revólveres, pistolas e simulacros, como armas caseiras ou de plástico. Todo esse material fazia parte do acervo dos fóruns em Minas Gerais e não era mais necessário para a condução dos processos judiciais dos quais ele fazia parte.

Volta dos cassinos

O Congresso poderá votar ainda no primeiro semestre projeto que regulariza o funcionamento de cassinos no Brasil, avaliou o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Segundo ele, as duas Casas do Parlamento trabalham em um texto de consenso, que busca integrar a atividade ao complexo de turismo e entretenimento do país. “Acho que tem maioria”, declarou.

Veja mais

Sem bebida

O motorista Antonio Almeida Anaquim, que atropelou 17 pessoas nesta quinta-feira (18) em Copacabana (RJ) à noite não estava alcoolizado, de acordo com o resultado de exame feito pelo Instituto Médico-Legal (IML). Anaquim dirigia pela Avenida Atlântica e, por volta das 20h30, invadiu o calçadão, matando um bebê e ferindo 16 pessoas.

Veja mais

Cabral 87

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral já foi condenado quatro vezes na primeira instância do Judiciário, com sentenças somando 87 anos e quatro meses de prisão. Três dessas sentenças vieram do juiz Marcelo Bretas e uma de Moro.

Veja mais