Fracasso da política criminal

Para o representante para a América do Sul do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (Acnudh), o italiano Amerigo Incalcaterra, as cenas de presos matando uns aos outros e assumindo o controle de presídios brasileiros demonstram o fracasso da atual política criminal, que tenta prevenir e punir quase todo tipo de infração…

Veja mais

Crime de motim

A Procuradoria-Geral da República (PGR) estuda pedir a federalização do crime de motim. O objetivo seria evitar o “aquartelamento das forças estaduais”, o que, de acordo com a PGR, acaba comprometendo a ordem pública dos municípios onde os familiares de PMs estão impedindo a saída de viaturas dos batalhões.

Pressão no Senado

Saiu hoje (11) no site Antagonista: “Álvaro Dias, autor da PEC do fim do foro privilegiado, afirmou a O Antagonista que somente a pressão popular sobre o Senado evitará que a matéria caia no limbo. O senador recomendou que a população faça “um apelo maior” a Eunício Oliveira.”

Uber causa divórcio

Um marido francês infiel processou a empresa Uber, acusando-a de ser responsável por seu divórcio por causa de uma falha informática que revelou à sua mulher seus trajetos. “Meu cliente foi vítima de um bug no aplicativo. Há a opção de desconectar-se, mas em seu caso não funcionou e isso o prejudicou em sua vida privada”, explicou à AFP o advogado de defesa David-André Darmon, que acionou o tribunal de Grasse, na França.

Veja mais

‘Não existe déficit’

Em um debate sobre a Reforma da Previdência Social, promovido pelo Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, em Sergipe, Henri Clay Andrade, defendeu o posicionamento da entidade sergipana contra a Reforma da Previdência Social e a Reforma Trabalhista, apresentadas pelo Governo Federal.

Veja mais

Beira o escárnio

Do advogado Nicola Manna Piraino: “Muitíssimo preocupante a grave crise que o país atravessa, à beira de uma convulsão social no Espírito Santo, e o caos quase total no Rio de Janeiro, pelos desdobramentos dos governos Cabral e Pesão, banhados pelas notícias de corrupção e falência das instituições estaduais.

Veja mais

Tática velha

Do jornalista Cid Benjamin em sua página no Facebook: Essa história de os militares empurrarem suas mulheres para alinha de frente é antiga. Em meados de 1973, durante o governo Allende, o comandante do Exército chileno, general Prats, era o principal empecilho ao golpe militar. Os oficiais golpistas organizaram, então, dezenas de manifestações de suas mulheres batendo panelas diante da residência de Prats.

Veja mais