A quase advogada Gloria Perez

Uma das mais importantes autoras de novelas do país, a acreana Gloria Maria Ferrante Perez, de 68 anos, é filha do ministro Miguel Ferrante – já falecido – do Superior Tribunal de Justiça. Mãe da atriz Daniella Perez, brutalmente assassinada em dezembro de 1992 pelo então ator da Tv Globo Guilherme de Pádua, Glória Perez tinha 15 anos quando a família trocou Rio Branco por Brasília.

Veja mais

Roubalheira na ECT

A roubalheira nos Correios parece não ter fim. Depois de um grupo criminoso desviar bilhões do Postalis, o fundo de pensão dos carteiros, descobriu-se corrupção também no plano de saúde da empresa. A Justiça Federal condenou Marcos da Silva Esteves, ex-gerente de saúde dos Correios, e outros três funcionários da estatal, por peculato em um esquema de fraude que desviou mais de R$ 7 milhões.

Veja mais

Documentos secretos

Após meio século de sigilo, o Arquivo Público do Distrito Federal (ArPDF) permitiu consultas ao acervo da Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF). São quase 100 caixas de documentos com informações de 1963 a 1990, guardadas há mais de 50 anos. Muitos contêm o carimbo “Confidencial” e os timbres de diversos órgãos de repressão, incluindo o temido DOI-CODI. São registros das operações realizadas por agentes do regime comandado por generais, até então mantidos sob sigilo.

Veja mais

Todos, menos um

Todos os segmentos da justiça brasileira – exceto a Justiça Federal – estão representados na atual composição do Supremo Tribunal Federal (STF). A classe dos advogados é que tem o maior número de ministros: Carmen Lúcia, Luis Roberto Barroso e Luiz Fachin.

Veja mais

A família Moro

Sempre discreta e orgulhosa ao lado do marido em eventos públicos, a advogada Rosangela Wolff Moro, mulher do juiz Sérgio Moro, rompeu o silêncio e virou capa de revista feminina. Numa entrevista à revista Claudia deste mês, ela conta que a “ficha” em relação à Lava-Jato só caiu em agosto de 2015, mais de um ano depois do início da operação, quando viu manifestações de rua com cartazes e faixas de apoio e “personificando Sérgio como grande admirado”.

Veja mais

Tuberculose no presídio

Além de já ter entrado no Superior Tribunal de Justiça (STJ) com pedido de interdição do maior presídio de Sergipe em virtude da superlotação, o presidente da OAB sergipana, Henri Clay Andrade recebeu a denúncia de um vereador local da existência de casos de tuberculose no presídio do Copemcan. Segundo o vereador Marcos Antonio Soares, em decorrência das visitas semanais, mais de mil pessoas adentram ao presídio expondo-se a grave risco de contaminação.

Veja mais

Fim do sigilo

Após a homologação das 77 delações premiadas de executivos da empreiteira Odebrecht, no âmbito da Operação Lava Jato, senadores defenderam a retirada do sigilo sobre as informações. Um deles, Romero Jucá (PMDB-RR), concretizou a reivindicação e apresentou um projeto de lei que, caso aprovado, tornará proibida a imposição de sigilo sobre investigações que lidam com a administração pública.

Veja mais

Decorador condenado

O decorador Chrisanto Lopes Galvão Netto foi condenado a pagar indenização por danos morais e materiais a cinco casais que iriam casa e contrataram seus serviços. Ele não cumpriu o contrato. A juíza da 25ª Vara Cível de Brasília pediu a restituição dos valores pagos além de multa contratual. Netto é acusado de dar o calote em pelo menos 70 casais entre 2015 e 2016.

Veja mais

PF no Supremo

A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) ajuizou no Supremo Tribunal Federal a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5649, com pedido de liminar, contra dispositivos do Regulamento Administrativo do Senado que tenta dar poderes de polícia aos “seguranças” da Casa, com autorização para instaurar e conduzir inquéritos policiais.

Veja mais

O cabelo do juiz

O titular do Tribunal de Menores de Granada, na Espanha,Emilio Calatayud, conhecido por suas sentenças exemplares e não convencionais, aplicou a pena alternativa de nove meses de trabalho sócio-educativo “para desenvolver prioridade no formação e ajuda a obtenção do título de cabeleireiro ” a um adolescente que roubou um secador de cabelo e mais 600 euros de um salão de cabeleireiro.

Veja mais