Eleição no Vasco

Em um resultado inédito no Vasco, o candidato de oposição, Julio Brant superou o atual presidente do clube, Eurico Miranda e foi o mais votado na eleição para a presidência do clube, considerando as urnas regulares. Entretanto, a presença de 474 sócios que votaram sob suspeita de irregularidade, em urna que teve vitória de Eurico, levará a decisão da eleição para a Justiça. No fim, as duas chapas comemoraram a vitória.

Veja mais

Crime organizado

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara aprovou um convite para que o ministro da Justiça, Torquato Jardim, explique suas recentes declarações sobre a associação entre o crime organizado e o poder público no Estado do Rio.

Fim do papel

Em solenidade ocorrida no auditório do Superior Tribunal Militar (STM), o presidente do STM, ministro José Coêlho Ferreira, deu início ao programa de capacitação inicial para usuários do sistema e-Proc/JMU (processo por meio eletrônico da Justiça Militar).

Veja mais

Cobrança no navio

Os Juízes de Direito que integram a 4ª Turma Recursal Cível dos Juizados Especiais Cíveis do RS mantiveram a decisão de condenar a MSC Cruzeiros do Brasil e a Travel Ace Assistence a indenizar por danos morais e a ressarcir pelos serviços médicos prestados no navio.

Veja mais

Devolução de salário

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da Promotoria de Justiça Cível de Vitória, firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com uma ex-funcionária comissionada da Assembleia Legislativa. De acordo com a investigação, a funcionária não cumpria a carga horária da função que exercia. A prática de improbidade administrativa foi constatada por 35 dias, no ano de 2006.

Veja mais

Batalha no Vasco

O advogado carioca Sérgio Batalha – torcedor “doente” do Vasco da Gama – irá votar hoje (7) na eleição para presidente do seu clube de coração. Ao lado de de dois dos maiores ídolos do clube – Pedrinho e Felipe ( que por sinal, depois atuaram no Fluminense. – ele irá votar na dupla Julio…

Veja mais

A proteção da elite

Do ministro Luis Roberto Barroso, do STF: “O Brasil tem uma legislação auto-protetiva, um sistema feito para prender menino pobre com 100 gramas de maconha mas que torna dificilíssimo prender que desvia R$ 10 milhões. Um sistema que protege a elite.”

A tristeza de Wadih Damous

Do advogado carioca Vinicius Neves Bomfim – neto do saudoso advogado Calheiros Bomfim – em sua página no Facebook: Ontem (6) em uma postagem crítica em relação às dificuldades da advocacia e a omissão da OAB-RJ , diante deste quadro, alguns colegas me indagaram acerca do silêncio do ex-presidente Wadih Damous e se este ainda apoiava a atual gestão . Diante destes questionamentos venho a público conclamar o ex-presidente da OAB-RJ Wadih Damous a se manifestar acerca da atual gestão da Ordem fluminense e a situação da advocacia. As verdadeiras lideranças da advocacia não podem se calar !!!

Veja mais