Aécio e Jucá

Dos políticos alvos de abertura de inquérito por determinação do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), os presidentes do PSDB, senador Aécio Neves (MG), e do PMDB, senador Romero Jucá (RR), são os que acumulam o maior número de pedidos de investigações, cinco ao todo. Eles foram citados nos depoimentos de delação premiada…

Veja mais

FHC, Lula e Dilma

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin determinou que as citações de ex-executivos da Odebrecht aos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff sejam enviadas para a primeira instância da Justiça. O pedido foi feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR) pelo fato de os acusados não terem mais…

Veja mais

A lista dos candangos

O ministro Edson Fachin, relator da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal, encaminhou petições a outros tribunais com o detalhamento sobre menções a personalidades do Distrito Federal nas delações de executivos da Odebrecht. Como o blog da jornalista Helena Mader, do Correio Braziliense, antecipou com exclusividade em 15 de março, aparecem na lista os ex-governadores Agnelo Queiroz e José Roberto Arruda, além do deputado distrital Robério Negreiros (PSDB) e do ex-senador Gim Argello, preso e condenado por corrupção.

Veja mais

Voluntários em Direito

A Faculdade de Direito da Universidade de Brasília, torna público, para conhecimento dos interessados que estarão abertas de amanhã (12) até 24 de abril no horário de 8h30 às 11h e 14h30 às 17h, as inscrições para a seleção de Profissionais Voluntários em Direito para atuação no Núcleo de Prática Jurídica – NPJ em Ceilândia-DF.

Veja mais

Uma nova Constituinte

O comentário é do ex-presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Reginaldo Oscar de Castro: Em abril de 2016 publiquei algumas reflexões sobre nossa realidade. Agora renasce a discussão sobre a inevitabilidade de uma Constituinte. Eu apoio a ideia.

Veja mais

Os 108 na mira de Fachin

O relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Edson Fachin, determinou a abertura de inquérito contra nove ministros do governo Michel Temer, 29 senadores e 42 deputados federais, entre eles os presidentes das duas Casas. Também serão investigados um ministro do Tribunal de Contas da União, três governadores e 24 outros políticos e autoridades que, apesar de não terem foro no tribunal, estão relacionadas aos fatos narrados pelos colaboradores.
O grupo faz parte do total de 108 alvos dos 83 inquéritos que a Procuradoria-Geral da República (PGR) encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) com base nas delações dos 78 executivos e ex-executivos do Grupo Odebrecht, todos com foro privilegiado.

Veja mais

A agressão da United Airlines

Diferentes vídeos publicados na web mostram uma cena, dentro de um avião da United Airlines, que está sendo considerada absurda por usuários de redes sociais. As imagens mostram um passageiro sendo arrastado pelo chão para fora da aeronave, que estava estacionada no Aerporto Internacional de Chicago, nos EUA, com destino a Louisville, no estado americano do Kentucky.

Veja mais