O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da Promotoria de Justiça do Juizado Especial Criminal (Jecrim) da Barra da Tijuca, e em operação conjunta com os policiais do 31º batalhão da Polícia Militar, apreendeu material falsificado e deteve seis pessoas na operação de combate à pirataria no Rock in Rio.

Entre os produtos apreendidos, havia 18 camisetas, 36 canecas e 69 copos, todos exibindo a marca do festival. No sábado (16/09), mais duas pessoas foram presas. Com elas, foram encontrados 34 camisas, 10 bonés, 19 pulseiras, 10 copos e três sacolas, todos produtos de falsificação mais requintada, segundo o promotor de Justiça Márcio Almeida.