A Polícia Federal cumpriu, na manhã de hoje (20), a prisão temporária de um suspeito de estar acessando informações referentes à prisão do maior traficante da América do Sul e era o número 1 da lista de procurados da PF.

Trata-se de fase desencadeada no bojo da Operação Spectrum, na qual a Polícia Federal foi informada pela 23ª Vara Federal de Curitiba de que ex-estagiário de direito da Vara Federal Previdenciária de Londrina/PR, estaria utilizando senha disponibilizada exclusiva e restritamente para o trabalho na Vara Federal Previdenciária com a finalidade de acessar ilegal e irregularmente o processo criminal referente à operação. Dois mandados de busca e apreensão foram também cumpridos na cidade de Londrina-PR.

O caso diz respeito à operação policial que se iniciou com a prisão de Luiz Carlos da Rocha, vulgo “Cabeça Branca”, que era considerado o maior traficante da América do Sul