O zagueiro Geraldo Piqué, do Barcelona, é acusado de fraude fiscal na tributação de seus direitos de imagem, e teve negado o recurso negado contra a sentença de um tribunal administrativo em 2016 que o obrigava a pagar 1,5 milhão de euros.

Piqué é mais um jogador que se envolveu com problemas fiscais na Espanha, e foi multado em 2,1 milhões de euros (cerca de R$9 milhões) pela Fazenda Espanhola.

O defensor do clube catalão é acusado de fraude fiscal na tributação de seus direitos de imagem, e teve negado o recurso negado contra a sentença de um tribunal administrativo em 2016 que o obrigava a pagar 1,5 milhão de euros (cerca de R$6 milhões) de impostos atrasados e uma multa de 600 mil euros (cerca de R$2,5 milhões).