Um fato inédito ocorreu no Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins: a sessão extraordinária de julgamento da 1ª Câmara Cível foi realizada com participação totalmente feminina. A sessão foi presidida pela desembargadora Jacqueline Adorno e contou com as desembargadoras Maysa Vendramini Rosal e Etelvina Maria Sampaio Felipe e as juízas convocadas Célia Regina Régis e Edilene Amorim Natário. Representando o Ministério Público mais uma mulher, a procuradora Eliane Marciano Pires.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário