STF, STJ, TST e o TSE mudarão de comando ao longo do ano de 2018. O TSE mudará de presidente duas vezes ao longo do ano.