O juiz federal Ricardo Nohra Simões foi encontrado morto no apartamento em que morava no município maranhense de Bacabal, a 240 km da capital São Luis, na noite desta quinta (12). A esposa do magistrado acionou a Polícia Militar depois de não conseguir entrar em contato com o marido pelo celular. Após exame no Instituto Médico Legal (IML), a morte foi atribuída a fulminante infarto no miocárdio.

Ricardo Nohra Simões nasceu no Rio de Janeiro e morava no Maranhão desde janeiro deste ano. A mudança foi motivada pela nomeação de Nohra Simões ao cargo de juiz federal substituto do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1).