Com o objetivo de preservar a história, o presidente da OAB de Sergipe, Henri Clay Andrade firmou termo de cooperação técnica com a Universidade Federal de Sergipe (UFS), que visa a construção do Memorial do Departamento de Direito. Dois ex-alunos da Universidade presidiriam o Conselho Federal da OAB: Alberto Barreto de Melo e Cezar Britto.

Para Henri Clay Andrade, é uma satisfação para a instituição poder contribuir com a realização deste projeto de grande relevância social. “A sociedade sergipana tem muito respeito, apreço e carinho pela Universidade Federal e pela OAB. Sentimentos que foram construídos ao longo do tempo, em reconhecimento ao trabalho prestado pelas entidades.

Coordenado pelo professor e conselheiro federal da OAB/SE, Arnaldo de Aguiar Machado, o convênio se propõe a reunir o maior número de informações sobre a advocacia sergipana. “O Departamento de Direito contou, ao longo de sua existência, com professores e alunos ilustres que contribuíram em todos os seguimentos da justiça. Tivemos, inclusive, egressos da UFS presidindo o Conselho Federal da OAB. Dados como estes precisam ser registrados e disponibilizados como fonte de pesquisa. Por meio desta inciativa, iremos preservar, catalogar e dar publicidade a história do nosso departamento e da advocacia no Estado”, explicou.