Por articulação do promotor Juliano de Barros Araújo, titular da 15ª Promotoria de Justiça de Goiânia, com atribuição na área de meio ambiente, o Goiás Esporte Clube promoveu a campanha Jogo Limpo. A iniciativa, teve início na partida do último sábado (18) entre o clube goiano e o Internacional, no Serra Dourada, visa conscientizar o torcedor sobre a importância de fazer a separação e reciclagem dos resíduos (papel, plástico, metal e vidro).

Durante o jogo entre Goiás e Internacional, válido pelo Campeonato Brasileiro Série B, foram distribuídas sacolas na entrada do estádio Serra Dourada para que todos os torcedores armazenassem seus resíduos e depositassem, ao fim da partida, nas 20 lixeiras de lixo reciclável instaladas em diversos pontos do estádio.

Atualmente, milhares de toneladas de lixo produzidas diariamente não são reaproveitadas. Somente em Goiânia, nos últimos 10 anos, a população passou a produzir 2,5 kg a mais de lixo por mês. Por dia, são 35 mil toneladas de lixo, o que já ocupa 80% da capacidade do aterro sanitário da capital.