O Tribunal Superior do Trabalho definiu a lista tríplice para preencher vaga de ministro da corte depois da aposentadoria do ministro Fernando Ono em fevereiro. Os nomes escolhidos foram os dos desembargadores Luiz José Dezena da Silva, Sérgio Torres Teixeira e Marcello Maciel Mancilha.

A lista será encaminhada ao presidente Michel Temer, que fará a escolha de um dos nomes. O nome selecionado por Temer passará por sabatina na Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Para ser nomeado ministro, precisa ser aprovado pelo Plenário da Casa.

Luiz José Dezena da Silva é bacharel em Direito pela Faculdade de Direito de São João da Boa Vista (SP), onde se formou em 1985. Sergio Torres Teixeira é especialista em Direito Público e em Direito do Trabalho pela Universidade Católica de Pernambuco e mestre e doutor em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Marcello Maciel Mancilha, formado em Direito pela Universidade Federal Fluminense (UFF).