Cerca de 70% dos alunos da Universidade Federal de Sergipe (Ufes) são oriundos de escolas públicas. A informação é do reitor da universidade, professor Angelo Roberto Antoniolli e foi revelada durante reunião com o presidente da OAB de Sergipe, Henri Clay Andrade na sede da Seccional.

“A UFS tem um compromisso muito grande com a sociedade sergipana, na qual a cada 100 alunos que terminam o segundo grau, 85 são oriundos do ensino público. Nós precisamos falar de uma democracia inclusiva, capaz de receber todos que fazem parte do segmento social”.

Na ocasião, o presidente da OAB/SE ratificou o apoio da entidade na defesa intransigente das universidades públicas do país e enfatizou a importância da instituição de ensino sergipana.
“A UFS é a única universidade pública do nosso Estado e deve ser fortalecida a fim de que, a cada dia mais, seja uma instituição como de fato é: do ensino da cultura e da ciência, aberta a toda a comunidade. Nós precisamos estar unidos para defendê-la”, afirmou Henri Clay.