Jovens em cumprimento de medida socioeducativa, em regime aberto e semi-aberto, terão mais acesso a programas de aprendizagem profissional promovidos pelo SESC, SENAC, SESI e SENAI. As capacitações são viabilizadas por meio do Projeto ‘Ensinando a Pescar’, que já está em curso, mas foi formalizado com a assinatura de um Termo de Cooperação entre o Tribunal de Justiça da Paraíba, Associação da Esposas dos Magistrados e Magistradas da Paraíba (Aemp), Município de João Pessoa, Federação das Indústrias do Estado (FIEP), Federação do Comércio de Bens e de Serviços da Paraíba (FECOMÉRCIO) e as entidades que desenvolvem os programas de aprendizagem.

“Esse é um projeto social de grande importância que o Tribunal aderiu junto à Aemp e outras instituições como Sesc, Senac e a Prefeitura, com o objetivo primordial de oferecer recuperação e oportunidade aos adolescentes que estão em cumprimento de medidas socioeducativas. É conhecimento técnico para que eles possam desenvolver uma profissão no futuro”, disse o presidente do TJPB, desembargador Joás de Brito Pereira Filho.