Sérgio Moro e Marcelos Bretas e mais aproximadamente dois mil juízes federais em todo o país irão às urnas em abril para escolher, por computador, o sucessor do atual presidente da Associação dos Juízes Federais (Ajufe), Roberto Veloso. No início de fevereiro será formada a comissão eleitoral e logo em seguida será definida a data da eleição. O candidato eleito tomará posse em junho em data ainda a ser fixada pela atual direção da entidade.

Roberto Veloso, de 54 anos, tomou posse na presidência da Ajufe em 15 de junho de 2016. Para chegar ao comando da entidade, sua chapa “Avançar Sempre” venceu as eleições da entidade com 97,5% dos votos válidos.Ex-presidente da Associação dos Juízes Federais da 1ª Região (Ajufer), Veloso graduou-se em Direito pela Universidade Federal do Piauí (UFPI) (1987) e tem mestrado e doutorado em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

O magistrado atuou como professor adjunto da Universidade Federal do Maranhão e professor doutor do Uniceuma. Foi titular da Vara Ambiental e Agrária do Maranhão, ocupou o cargo de diretor para Assuntos da Magistratura da Associação dos Juízes Federais da 1ª Região.

Encerrada a gestão – até aqui vitoriosa, segundo pesquisa feita com vários filiados – Veloso deixará Brasília e voltará a residir e trabalhar na Justiça Federal do Maranhão. Ele atua em duas áreas específicas: criminal e eleitoral.