A Segunda Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região – TRF5 negou o pedido de habeas corpus do português Nuno Miguel Marques Ribeiro, preso em flagrante no dia 15/04, no Aeroporto Internacional Pinto Martins (CE), por tráfico internacional de drogas. Nuno Miguel conduzia 39 gramas de cocaína no estômago, expelidas após uma convulsão, durante um voo comercial.

 Por volta das 23h do dia 14/04, a Polícia Federal foi avisada pela Infraero de que uma aeronave procedente de Guarulhos, com destino a Madri, havia pedido permissão para um pouso de emergência, em razão de um dos passageiros ter passado mal. Após averiguação, os policiais conduziram Nuno Marques à sede da Polícia Federal, onde foi medicado para expelir a substância tóxica que havia ingerido. Constatadas as evidências da prática do crime, foi decretada sua prisão em flagrante.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário