Esta semana, a unidade móvel da justiça esteve na comarca de Juti, em Mato Grosso do Sul, e bateu todos os recordes em relação ao atendimento. A Carreta da Justiça recebeu cerca de mil pessoas para usufruir dos serviços jurídicos rápidos e de qualidade. Agora, a Carreta da Justiça segue rumo a comarca de Douradina, onde os atendimentos serão realizados de 28 de agosto a 1º de setembro.

A Carreta da Justiça faz parte do Programa Judiciário em Movimento, que tornou 100% dos municípios sul-mato-grossenses sedes de comarcas. Em Juti foram atendidas 16% da população de cerca de seis mil habitantes, de acordo com o IBGE, e esses números representam um novo recorde, já que a média é de 10%.

Nestes quatro dias de atendimento da Carreta da Justiça foram feitos 124 reconhecimentos de união estável e conversão em casamento, cinco divórcios, dois pedidos de guarda e visita, dois de investigação de paternidade, três coletas de DNA, 86 atendimentos de consultas e orientações processuais e 75 atendimentos da Defensoria Pública, parceira desta ação.

A Carreta da Justiça também realizou serviços da justiça eleitoral e foram expedidos 22 títulos de eleitor, 26 transferências de domicílio, além de 182 cadastros de biometria.

Durante os atendimentos foram abertas 134 novas ações judiciais e realizadas as audiências cíveis e criminais, anteriormente marcadas para esta semana.