O Senado Federal aprovou o nome do desembargador federal Rubens Mendonça Canuto Neto para integrar o Conselho Nacional de Justiça. Foram 59 votos a favor, quatro contra e duas abstenções. Com a aprovação do Senado, Canuto deve ser nomeado pela Presidência da República como conselheiro do CNJ.

Natural da cidade de Pilar, em Alagoas, Canuto, então juiz federal, foi nomeado em novembro de 2015 pela ex-presidente Dilma Rousseff para o TRF5 pelo critério de merecimento.