Uma denúncia oferecida pelo Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) levou o Juízo da Vara Criminal da Comarca de Brasiléia a condenar oito pessoas, integrantes da facção criminosa ‘Bonde dos 13’ naquele município, pelos crimes de tortura, corrupção de menores, porte ilegal de armas e participação em organização criminosa.

O caso ocorreu nos dias 23 e 24 de agosto de 2017, quando os réus constrangeram, com requintes de crueldade, a adolescente L. A. S, 15 anos, mediante sequestro e cárcere privado, com uso de violência e grave ameaça, para obter informação, declaração ou confissão sobre sua participação em facção rival, a do Comando Vermelho.