A prisão preventiva dos policiais Saulo Reis Queiroz e Maurício Correia dos Santos, suspeitos pelo assassinato do espanhol Márcio Perez Santana, foi decretada pela Justiça da Bahia. A decisão do juiz Vilebaldo José Pereira atende ao pedido de prisão apresentado pela Polícia Civil com parecer favorável do Ministério Público estadual, por meio do promotor de Justiça Antônio Luciano Assis.

Conforme o pedido, a medida tem o objetivo de garantir a investigação policial livre de qualquer interferência, viabilizando, desta forma, diligências impostas para a conclusão das investigações. O homicídio ocorreu no último dia 19 de setembro, no bairro de Armação, em Salvador.