Home Notícias A classe é contra

A classe é contra

O juiz federal Sérgio Moro fez um discurso direto sobre o fim do foro privilegiado durante evento em São Paulo com a presença do presidente Michel Temer e outros membros do governo. “Todas as pessoas precisam ser iguais perante a lei”, afirmou Moro, um dos agraciados da premiação Brasileiros do Ano 2017. A posição de Moro é a mesma da sua entidade der classe, a Associação dos Juízes Federais do Brasil – Ajufe.

Em novembro do ano passado o presidente da entidade, o juiz federal criminal e eleitoral Roberto Veloso promoveu uma pesquisa entre os associados para saber a posição de cada sobre o foro privilegiado. Votaram pela internet 595 juízes, inclusive Moro. A pesquisa apontou que 93% dos juízes eram a favor de mudanças nas regras do foro privilegiado para julgamento de autoridades que cometem crimes comuns, entre elas deputados, senadores e ministros. Na mesma enquete, os juízes se manifestaram a favor da extinção do foro, inclusive para os próprios magistrados.