O domínio do Largo de São Francisco

Com um total de 49 ministros a Faculdade de Direito de São Paulo (Largo de São Francisco) foi a unidade de ensino superior que mais teve integrantes nos quadros do Supremo Federal. Logo a seguir, vem a Faculdade de Direito de Recife com 31 membros. Pela Faculdade de Direito da Universidade do Rio de Janeiro passaram 11 ministros; 9 pela Faculdade de Direito de Olinda; 8 pela Faculdade de Direito da Universidade do Brasil (RJ) e 7 pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais.

STF e os seus 166 ministros

Desde que passou a ser denominado de Supremo Tribunal Federal – na Constituição Provisória publicada com o decreto número 510, de 22 de junho de 1890 – o mais importante tribunal do país teve, até hoje, 166 ministros. Desse total, 33 ministros nasceram no Rio de Janeiro; 30 em Minas Gerais e 24 no estado de São Paulo.

Presidente da OAB é preso

O presidente da subseção de Diamantino da seccional do Mato Grosso da OAB, Pérsio Oliveira Landim, foi preso em Santo Antônio do Leverger, por tentativa de falsidade ideológica e corrupção ativa, segundo o site G1. De acordo com a Polícia Civil do MT, Landim tentou anular o contrato de hipoteca da fazenda de um cliente dele. Como o tabelião se recusou a aceitar a certidão assinada pelo advogado, este o ameaçou dizendo que, se não o fizesse, um veículo de imprensa poderia publicar reportagens com supostas irregularidades do cartório.

Do interior para o Supremo

Dos dez atuais ministros que compõem o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) apenas quatro ministros nasceram na capital e o restante em cidades do interior. Nenhum, por exemplo, nasceu na capital paulista. Todos vieram do interior de São Paulo.

Os segmentos da justiça no STF

Todos os segmentos da justiça – exceto a Justiça Federal – estão representados atualmente no Pleno do Supremo Tribunal Federal (STF). A advocacia tem três representantes; a Justiça do Trabalho, dois; a Justiça Estadual, dois; o Ministério Público Estadual, dois e o Ministério Público Federal, um. A Justiça Federal ficou sem representante após a morte do ministro Teori Zavascki.

A origem do Pleno

Atualmente, o Pleno do STF é composto por três ministros oriundos da justiça do Rio de Janeiro; três de São Paulo; um de Minas Gerais; dois do Rio Grande do Sul e um de Mato Grosso. São eles: RJ – Marco Aurélio Mello, Luiz Fux e Luis Roberto Barroso SP – Celso de Mello, Ricardo…

Moro, o mais cotado

Um dos nomes mais cotados para integrar a lista tríplice da Ajufe que será entregue ao presidente Michel Temer como sugestão para a sucessão do ministro Teori Zavascki no STF é do juiz federal Sérgio Moro, titular da 13ª Vara Federal de Curitiba e que se notabilizou por comandar a maior investigação contra a corrução no Brasil, a “Operação Lava-Jato”. Caso integre a lista, Moro irá figurar pela segunda vez em uma sugestão da entidade dos juízes para compor o Pleno do STF: em 2014, Moro foi indicado pela Ajufe para concorrer a vaga aberta com a aposentadoria precoce do ex-presidente do Supremo Joaquim Barbosa. A vaga foi ocupada pelo atual ministro Luiz Fachin por indicação da então presidente Dilma Rousseff.

Quatro do STJ

Quatro ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) estão na pré-lista elaborada pela Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) com os nomes que poderão ser indicados informalmente ao presidente Michel Temer com vistas à indicação daquele que poderá ser o substituto do ministro Teori Zavascki, recentemente falecido em acidente aéreo. São eles:

Quatro da Ajufe

Na pré-lista de 30 magistrados federais elaborada pela Associação dos Juízes do Brasil (Ajufe) que poderão ser indicados, a título de sugestão, pela entidade para ocupar a vaga de ministro no Supremo Tribunal Federal no lugar de Teori Zavasck há quatro ex-dirigentes da entidade: São eles: os desembargadores federais Paulo Sérgio Domingues (SP), Jorge Maurique…

Temer no STF

Como deputado federal, Michel Temer – advogado formado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo – chegou a aparecer duas vezes na lista de cotados para ocupar uma vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal. As duas oportunidades ocorreram no governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e outra no de Luiz Inácio Lula da…