Jornalista no eixo Brasília-Rio de Janeiro.

Banheiro de transexual

Uma transexual será indenizada por ser vítima de assédio moral na empresa na qual trabalhava. Após o processo de mudança de sexo, ela foi proibida de usar o banheiro masculino ou feminino, devendo usar somente o para deficiente, que não podia ser trancado. Além dos danos morais, a Justiça do Trabalho também reverteu a demissão por justa causa por abandono de trabalho, reconhecendo a rescisão indireta.

Barroso no TSE

A partir do próximo dia 14, Luis Roberto Barroso, do STF, passa a ser ministro efetivo do Tribunal Superior Eleitoral. Os outros dois ministros do Supremo na Corte Eleitoral – Luiz Fux e Rosa Weber – serão, a partir da mesma data, presidente e vice-presidente da Justiça Eleitoral. Em 15 de agosto deste ano, com…

Crime bárbaro

Terminou na madrugada de hoje (1), no 1º Tribunal do Júri do Fórum Criminal Central de São Paulo, na Barra Funda, o julgamento de Ricardo Krause Esteves Najjar, acusado de matar a filha de quatro anos em dezembro de 2015. Ele foi condenado por homicídio qualificado e fraude processual. A pena total é de 24 anos, dez meses e 20 dias de reclusão em regime inicial fechado.

Fred na justiça

A novela ainda continua. A guerra de bastidores entre Atlético e Cruzeiro ganhou novo capitulo na tarde desta terça-feira. A Raposa divulgou uma nota oficial em seu site confirmando que a multa de R$ 10 milhões será paga em juízo. O valor quitado em uma conta judicial será para quitar pendências do time alvinegro.

A saída de Gentil

O conselheiro federal da OAB pelo estado de Sergipe, Mauricio Gentil deixou, por motivo estritamente pessoal, a coordenação do Curso de Direito/Aracaju da Universidade Tiradentes. Gentil alegou incompatibilidade de tempo de trabalho entre as atividades profissionais da advocacia, doutorado, atividades no âmbito da OAB e as atividades de gestão acadêmica. “Quero aproveitar a oportunidade para,…

Sistema falido

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou hoje (31) que o sistema de segurança do Brasil está “falido”. Segundo avaliação dele, algumas das razões para isso são “nacionalização” e a “transnacionalização” do crime.

Todo mundo condenado

Saiu no site Diário do Poder: O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) condenou o ex-presidente do BRB Tarcísio Franklim de Moura e outros oito pessoas pela prática de crimes previstos na Lei de Licitações, por peculato e por lavagem de dinheiro. Ainda cabe recurso da decisão.

Mulheres no DF

No Distrito Federal, é o seguinte o cenário político em relação às mulheres: nenhuma governadora eleita, com exceção da atuação da vice-governadora Maria Abadia que ocupou o governo na vacância de Joaquim Roriz; nenhuma senadora eleita desde 1989; seis deputadas federais – considerando oito cadeiras a cada legislatura. Em 2014, 351 mulheres disputaram eleições, uma…

Mulheres no parlamento

De acordo com dados da organização internacional União Interpalamentar, que produziu em parceria com a ONU Mulheres um ranking de países com participação feminina no parlamento, o Brasil ocupa o 154º lugar entre 193 países, com apenas 55 cadeiras ocupadas por mulheres das 513 da Câmara e 12 das 81, do Senado

O recado de Humberto Martins

O ministro Humberto Martins, vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça, criticou que os “reiterados ataques à conduta dos magistrados brasileiros” e declarou que esse comportamento representa perigo à “integridade do Estado Democrático de Direito”. Martins foi presidente da OAB de Alagoas, posteriormente foi nomeado pelo Quinto constitucional da advocacia para o Tribunal de Justiça alagoano e, finalmente, nomeado na vaga de magistrado para o STJ.