Jornalista no eixo Brasília-Rio de Janeiro.

Tributação amiga

Os 20.633 integrantes do Poder Judiciário recebem um total geral de R$10,57 bilhões em rendimentos, mas pagam apenas R$1,28 bilhão de Imposto de Renda, ou sejam, 12%, percentual considerado muito baixo. Eles são destinatários de R$6,5 bilhões em rendimentos tributáveis, além R$1,06 bilhão de “tributação exclusiva”, segundo dados que constam do relatório Grandes Números, da Receita Federal. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Pela renda acrescida ao subsídio, integrante da Judiciário paga bem menos impostos do que os trabalhadores da iniciativa privada.

Casa noturna

O 1º Juizado Especial Cível da Comarca de Rio Branco, no Acre, julgou procedente a ação apresentada por M.G.G.M.S. e condenou o Inbox Pub a indenizar a autora por danos morais. Ela alegou ter sido retirada de forma violenta da casa de festas, passando por constrangimento perante a terceiros.

Um advogado de valor

O juiz federal aposentado e atualmente exercendo a advocacia em Brasília, Pedro Paulo Castelo Branco, foi secretário de estado de Justiça no Acre entre 1981 e 1983. Na oportunidade, inaugurou na capital acreana a penitenciária de Rio Branco, denominada Francisco D’Oliveira Conde. Além disso, inaugurou a Pousada do Menor Delinqüente(infratores menor de 18 anos/adolescentes) em…

Advogado criminalista

O general Artur Costa e Silva, recebeu o vice-líder da Arena no Senado, Eurico Resende (ES), e não economizou elogios: – Gosto muito da forma como o senhor defende o meu governo… – Presidente, sou advogado criminalista há trinta anos! – disse Resende. Ao perceber o constrangimento do ditador com a resposta, completou: – É…

Baixaria na OAB

O clima de baixaria que se instalou antes de mesmo de se iniciar a campanha para a sucessão do Conselho Federal da OAB – fato inédito na história da entidade – levou o candidato natural ao cargo, o atual vice-presidente nacional da entidade dos advogados, Luís Claudio Chaves a desistir de lançar seu nome à disputa. “Não quero ser protagonista de uma guerra que se avizinha”, afirmou ele em mensagem aos demais presidentes das OABs estaduais à qual o Diário do Poder teve acesso.

A decisão de Lewandowski

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski reconsiderou e decidiu enviar o presidente do Atlético Goianiense, Maurício Borges Sampaio e outros três homens, a júri popular pela morte do radialista Valério Luiz. O crime ocorreu em 2012, em Goiânia s o juiz Lourival Machado, da 2ª Vara dos Crimes Dolosos contra a Vida, mandou Sampaio, a júri popular pelo crime de homicídio qualificado por motivo torpe mediante recompensa e adoção de meio que impossibilitou a defesa da vítima. Ele é acusado de ser o mandante do crime.

Tsunami na segurança pública

Dois ministros de peso do governo Temer fizeram diagnósticos aterradores sobre a segurança pública no Rio de Janeiro e também em todo o país. Diante da crise, o presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos da OAB, Everaldo Patriota, mandou um recado para as autoridades do país.

Indulto de Natal

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu manter a suspensão parcial do indulto de Natal do presidente Michel Temer, que teve pontos impugnados pela presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, no final do ano passado.

Cavalieri na justiça

O ex-goleiro do Fluminense, Diego Cavalieri entrou com uma ação na Justiça do Trabalho do Trabalho do Rio de Janeiro pedindo a rescisão imediata com o Fluminense e cobrando indenização e pagamentos salariais pendentes. Isso foi depois de ter sido comunicado que não fazia mais parte dos planos. Caso clube e goleiro entrem em consenso,…