Jornalista no eixo Brasília-Rio de Janeiro.

Investigação completa

Do ex-presidente da Academia Brasileira de Direito Constitucional (ABDConst)e atualmente conselheiro federal da OAB pelo estado do Paraná, Flávio Pansieri: “É com profundo pesar que recebemos a notícia da morte do Ministro Teori Zavascki. Um homem que dignificou a Suprema Corte durante todo seu período de atuação naquele Tribunal.

A substituição do relator

Da juíza aposentada Denise Frossard em sua página no Facebook: “Art. 38, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal (RISTF): “O Relator é substituído: IV – em caso de aposentadoria, renúncia ou morte: a) pelo Ministro nomeado para a sua vaga”. * RISTF – Regimento Interno do STF

Piedade Senhor

Do ex-integrante do Conselho Nacional do Ministério Público na vaga destinada à OAB Nacional, o advogado paraense Sérgio Couto: “Desolado, vou torcer, sinceramente, para q tenha sido acidente. Se não, vamos mergulhar nas trevas da ruptura institucional! Estamos fragilizados… Piedade Senhor!”

O HC de Cunha

A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia tinha marcado para o dia 8 de fevereiro o julgamento no Pleno do tribunal do habeas corpus solicitado pelos advogados do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. O pedido foi feito pelo relator do processo, ministro Teori Zavascki, falecido hoje (19) em acidente aéreo no Rio de Janeiro.

Enterro em Porto Alegre

O corpo do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Teori Zavascki, deverá ser enviado a Porto Alegre assim que for resgatado e liberado pelo Instituto Médico Legal. O pedido foi feito pela filha do ministro, Liliana Maria Prehn Zavascki, à presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia.

Corajoso e independente

Do ex-presidente do STJ, ministro aposentado e hoje advogado Cesar Asfor Rocha: “Teori era um juiz justo, discreto, sensato, equilibrado, corajoso e independente. Sempre foi assim. Por isso, não poderia haver alguém melhor do que ele para relatar o processo da chamada Lava Jato. Sua morte é uma grande perda para o Brasil e eu,…

Amizade de cinco anos

O ministro Teori Zavascki e Carlos Alberto Filgueiras, dono do hotel Emiliano, proprietário do bimotor que caiu em Paraty (RJ), eram amigos há cerca de cinco anos. A amizade dos dois começou quando Teori levava a mulher, Maria Helena, para se tratar de um câncer, em 2012, na cidade de São Paulo. Na década de 90, o primeiro Hotel Emiliano foi inaugurado na Rua Oscar Freire, um dos quadriláteros mais caros de São Paulo, em parceria com o cantor Roberto Carlos.

Um homem gentil

Do advogado Felipe Monnerat: “O Ministro Teori era um homem gentil, respeitoso e extremamente correto. E um juiz modelo: firme, ponderado e discreto. Antes de a Lava Jato tomar toda a sua agenda, recebia os advogados com atenção e cordialidade. O Brasil deu sorte de tê-lo como relator da Lava Jato. Sua imparcialidade jamais foi…