Tá feia a coisa !

Uma moradora do bairro Vale Encantado, em Vila Velha, nos arredores de Vitória (ES), foi abordada por dois homens em um ponto de ônibus. Eles estavam em um veículo branco e exigiram que a mulher entregasse os pertences que carregava nas mãos.

Pertence e o ‘homeschooling’

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que, com a atual legislação, os pais não têm direito de tirar filhos da escola para ensiná-los exclusivamente em casa, prática conhecida como educação domiciliar (ou “homeschooling”, no termo em inglês). O único voto favorável foi do relator no caso, ministro Luis Roberto Barroso.

Casados e com filhos

O Judiciário brasileiro é formado majoritariamente por homens, brancos, católicos, casados e com filhos. É o que mostra levantamento feito pelo Conselho Nacional de Justiça com base na resposta de 11,3 mil juízes, o que corresponde a 62% dos magistrados.

Caldas Novas

O prefeito Evandro Magal (PP) foi preso hoje (13), em uma operação do Ministério Público Estadual de Goiás (MP-GO) que apura fraudes em licitação, pagamentos de propina e lavagem de dinheiro na Prefeitura de Caldas Novas, na região sul de Goiás. De acordo com o MP-GO, além de Magal, outras 8 pessoas, entre agentes públicos e empresários, foram detidas.

Sequestro no Bradesco

O Banco Bradesco S. A. deverá pagar indenização a uma gerente que foi sequestrada junto com a família em São José dos Campos (SP). No exame de recurso de revista do banco, a Oitava Turma do Tribunal Superior restabeleceu o valor de R$ 100 mil arbitrado pelo juízo de primeiro grau a título de reparação.

O decreto-lei dos territórios

Na dia 13 de setembro de 1943, portanto há 75 anos, o então presidente da República, Getúlio Vargas baixava o decreto-lei número 5.812 criando cinco territórios federais no país – Amapá, Rio Branco, Guaporé, Ponta Pora e Iguassú (grafia usada na edição do decreto-lei número 5.812 do então presidente Getúlio Vargas. Os territórios foram criados, com partes desmembradas dos estados do Pará, do Amazonas, de Mato Grosso, do Paraná e de Santa Catarina. O decreto-lei entrou em vigor a 1 de outubro de 1943.

Alcoólicos Anônimos

Pessoas acusadas em processos criminais que tenham problemas com uso de álcool e outras drogas poderão ser encaminhadas para grupos de autoajuda para se tratar do vício. O presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, Otávio Leão Praxedes, assinou termos de cooperação com os Alcoólicos Anônimos e os Nartóticos Anônimos.