Medo do vizinho

Os veículos que chegam a Roraima pela BR-174 estão sendo monitorados pela PMRR (Polícia Militar de Roraima). O trabalho foi reforçado no Posto Fiscal do Jundiá, município de Rorainópolis e visa coibir a entrada de foragidos das unidades prisionais do Amazonas no Estado.

Efetivo insuficiente

O deputado estadual amazonense Cabo Maciel, ao saber da transferência de presos para o município de Itacoatiara, solicitou à Secretaria de Estado de Administração Penitenciária – Seap, e ao Comitê de Gerenciamento de Crise do Sistema de Segurança do Amazonas, para que aumente o efetivo da Polícia Militar do município, uma vez que o numero de policiais militares existentes no 2°BPM de Itacoatiara é insuficiente. Caso aconteça uma rebelião no presídio de Itacoatiara, o policiamento existente, não ter condições de atender a ocorrência.

Crimes leves

Devido ao massacre ocorrido na Penitenciária Agrícola (Pamc), que deixou ao menos 33 mortos, o juiz da vara de execução penal Marcelo Lima de Oliveira, decidiu e liberou para prisão domiciliar 161 detentos do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) em Boa Vista, Roraima, por considerar que o local era inseguro para os presos e para os agentes que trabalham no local. Sobre o assunto o presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) Roberto Carvalho Veloso explicou:

Monstros do crime

Para o juiz Antonio Dantas de Oliveira Junior, da 2.ª Vara Criminal e de Execução Penal do Tocantins, os ‘cárceres brasileiros transformam pequenos delinquentes em monstros do crime’. Desde julho de 2016, o magistrado se empenha para que seja regularizado o abastecimento de água da Unidade Prisional da Barra da Grota, presídio sob administração da…